É oficial! A prefeitura de SP vai pagar quem usar a bike para ir pro trabalho ou ir estudar!

Acaba de ser aprovada a lei que diz que quem se deslocar de bike para o trabalho ou para estudar na cidade de São Paulo receberá da prefeitura um incentivo financeiro.

Essa lei de número 16.547 de autoria do vereador Police Neto foi aprovada na íntegra e sancionada dia 21 de setembro de 2016 em São Paulo. O acordo feito entre o vereador substitui o chamado Bilhete Único pelo Bilhete da Mobilidade, sendo que quem fizer uma parte do seu percurso diário para o trabalho de bicicleta irá acumular créditos calculados pela distância do percurso, o local e o horário, e esses créditos poderão ser trocados por dinheiro ou serviços em uma rede credenciada.

Foto via
Foto via

Como funciona

Em uma entrevista dada pelo vereador Police ao site vai de bike, ele disse: “Cada vez que uma pessoa deixar de usar o transporte público para usar a bicicleta, a prefeitura economizará, no mínimo, R$1,91 por viagem. Este valor será transferido para a conta sistema de créditos ao trabalhador ciclista”. Ele explica também que o objetivo da medida foi diminuir os engarrafamentos e o trânsito caótico que se vê na capital paulista todos os dias. Segundo ele, se 20% das pessoas utilizarem bike em vez de carro, a cidade já terá uma melhora geral na mobilidade urbana na cidade.

ASSINE NOSSO CANAL DO YOUTUBE

O benefício também pode ser estendido a estudantes e trabalhadores autônomos que utilizam o Bilhete Único.

Os créditos acumulados poderão ser substituídos por serviços de manutenção, compra de peças e acessórios ou como descontos no pagamento de serviços públicos como conta de luz, água, etc.

Esse projeto foi fruto de várias discussões e debates com a participação popular. A lei vai entrar em vigor no dia 1º de janeiro de 2017.

A ideia é que a população passe a ver a bicicleta como uma alternativa ao transporte público, segundo o vereador. Excelente exemplo, não é mesmo?!

Confira aqui a lei na íntegra.

Deixe aqui o seu comentário

Comentários

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 + doze =