O que fazer na Chapada dos Guimarães

A Chapada dos Guimarães é um municio que faz parte de Mato Grosso. Seu território, que um dia já teve 269 mil km² de extensão, já foi considerado o maior município do mundo.

No turismo, são diversos sítios paleontológicos, sítios arqueológicos, nascentes, áreas de proteção ambiental, cachoeiras, parques, espécies e muito mais que fará da sua viagem tudo menos entediante.

Agora, para ter uma noção do que fazer confira as melhores atrações da Chapada dos Guimarães:

Mirante do Centro Geodésico

Sem a necessidade de um guia para chegar nele, este mirante tem acesso super fácil. É considero o Centro Geodésico da América do Sul e possui uma vista maravilhosa de todo o território da Chapada dos Guimarães. O ponto principal, porém é o penhasco em que você terá a sensação de estar pendurado e que vai te garantir ótimas fotos. A entrada é gratuita e você chega pela Rodovia Emanuel Pinheiro.

Morro dos Ventos

Aqui, você paga R$20 se for de carro e apenas R$5 se for a pé. Faz parte de uma propriedade privada que é muito bem estruturado e ainda possui o Restaurante Mirante Morro dos Ventos. A vista é maravilhosa e conta com dois mirantes. O passeio vale qualquer dinheiro ou caminhada e para quem for de carro, o local possui um estacionamento.

Morro dos Ventos | Chapada dos Guimarães
Morro dos Ventos | Chapada dos Guimarães

Fica apenas a 3km do centro.

Ponta do Campestre

Fica bem próximo do famoso Restaurante Atmã. O diferencial deste mirante reside na visão a partir de outro ângulo da Chapada. Com mais de 800 metros de altura, em dias com céu limpo, é possível até mesmo visualizar a cidade de Cuiabá. Também fica em uma propriedade privada, sendo que são 4km do centro. Para entrar, você deve pagar RS30 por veículo ou almoçar no Restaurante Atmã.

Cidade de Pedra

Um dos lugares mais bem preservados da Chapada dos Guimarães, a Cidade de Pedra impressiona com os paredões de arenito com até 350 metros de desnível. Para chegar é um pouco mais difícil. Você precisará andar por uma estrada de 25km, há a necessidade de um guia turístico, exceto aos sábados e para entrar você não paga nada, mas retire o ticket com antecedência e não se esqueça da câmera, pois fotos deste lugar maravilhoso não podem faltar.

ASSINE NOSSO CANAL DO YOUTUBE
Cidade de Pedra | Chapada dos Guimarães
Cidade de Pedra | Chapada dos Guimarães

Cachoeira Véu da Noiva

É considerada uma das maiores cachoeiras e conta com uma queda d’água de 86 metros, a Véu da Noiva parece que foi tirada de um filme. Ali, não se pode nadar, mas você poderá contemplar a visão bem de perto após a caminhada de uma pequena trilha ou no próprio mirante. É um dos locais mais visitados e serve como cartão postal do município. Você, com certeza, não vai querer perder esta oportunidade.

Cachoeira da Geladeira

Como o nome mesmo já diz você encontrará piscinas naturais com águas propícias para o banho, porém muito geladas. A queda d’água é linda e para chegar só leva 15 minutos. Custa R$7 por visitante e funciona das 9h às 15h. No estacionamento do local, há vendas de comidas e bebidas. Fica apenas à 1km da Cachoeira dos Marimbondos, então dá para fazer duas visitas no mesmo dia.

Cachoeira da Geladeira | Chapada dos Guimarães
Cachoeira da Geladeira | Chapada dos Guimarães

Com uma vista deslumbrante você poderá tirar ótimas fotos.

Esportes e aventuras

Por ser um local com intensa preservação da natureza, com muitas quedas, paredões, rios e árvores o local, cada vez mais, ganha diversas atividades e atrações de esporte. Dentre delas, você terá: arvorismo, pêndulo, arco e flecha, tirolesa e também rapel feito com um balão. Ótimo para quem procura aventura e emoção, a Chapada dos Guimarães com certeza é um dos melhores lugares para isso.

Gastronomia e vida selvagem

A variedade de comida é enorme. Desde pratos típicos, como o picolé do cerrado, até restaurantes japoneses, fome você não irá passar. O principal restaurante é o Atmã, que fica em cima de um dos paredões e você poderá almoçar com uma visão incrível. Agora, para quem gosta de animais, você encontrará de tudo: corujas, araras, cachorros-do-mato e muitos outros animais selvagens. A região tem a vida animal e vegetal com uma das melhores preservações e equilíbrio.

Viajar para a Chapada dos Guimarães é sinônimo de aventura, natureza e visões impressionantes. Não deixe para depois, viajar é umas melhores coisas que têm, e a Chapada dos Guimarães deve estar em sua lista!

Deixe aqui o seu comentário

Comentários