10 Dicas do que Fazer em Montevidéu, Capital do Uruguai

Ah Montevidéu! A metrópole uruguaia que conserva ainda um clima pacato de cidade pequena (mesmo sendo repleta de grandes edifícios).

A cidade é a porta de entrada para conhecer o Uruguai e está entre as cidades com maior qualidade de vida da América Latina. E por ser pequena, em poucos dias já é possível conhecer grande parte de seus atrativos turísticos.

Por isso, resolvemos compilar informações dos principais pontos turísticos para que você aproveite o melhor de Montevidéu em ao menos 1 fim de semana.

Confira nossa lista do que fazer em Montevidéu:

 

#1 Plaza Independencia

Sendo considerada pelos locais como o coração de Montevidéu, ela simboliza a expansão de Montevidéu para além dos limites da Cidade Velha.

É nessa praça que fica a estátua do maior herói uruguaio, Artigas, sendo um dos responsáveis pela independência das colônias espanholas. Além disso, nessa praça foram enterrados os restos mortais do General José Gervasio Artigas.

Várias coisas acontecem nessa praça e nos arredores, estando lá o prédio presidencial e também vários prédios históricos.

Se você for na primavera ou verão, visitará a praça ainda com mais vida, que é quando todos aproveitam o clima agradável para passar um tempo na praça.

Plaza Independencia | Foto via

#2 Visitar o Mercado del Puerto

O Mercado del Puerto é aquele lugar coringa que todo mundo tem que ir quando estiver em Montevidéu.

Ele fica localizado na cidade Ciudad Vieja e foi inaugurado em 1868, quando ainda era apenas um mercado comum que vendia alimentos. Hoje, o lugar é um reduto para alguns dos melhores restaurantes da cidade, que servem comidas típicas e também o melhor da culinária internacional.

Além de vários restaurantes e lojinhas bacanas para conhecer, lá você pode encontrar produtos artesanais e itens bem diferentes para levar de lembrança do Uruguai.

Mercado del Puerto | Foto via

 

#3 Caminhar pela Calle Sarandí

Começando na Puerta de la Ciudadela, que é o que sobrou da grande muralha que cercava Montevidéu na época de colônia, e vai até o porto da cidade.

Essa é a rua que vai encantar quem gosta de comprar artes e artesanato. Caminhando por lá você vai ver várias lojas e banquinhas de rua, e passará também por pontos importantes da cidade, como a Plaza Constituición.

Além disso, o caminho é super interessante, com muita arte de rua e grafite, sendo um lugar que rende belas fotos!

 

#4 Catedral Metropolitana de Montevidéu

Passando pela Calle Sarandí, a Plaza Constituición estará no seu caminho, e lá você poderá visitar a Catedral Metropolitana que é a Igreja Católica mais importante do país. Nesse mesmo lugar, no passado, ficava a igreja matriz de Montevidéu, que ruiu em 1788.

Essa igreja representa uma parte importante da história uruguaia, e foi lá que a recém liberta nação faria o primeiro juramento do país.

Catedral Metropolitana de Montevidéu. Foto via

 

#5 Ter uma visão panorâmica da cidade na Torre de las Telecomunicaciones

Torres panorâmicas são sempre uma boa pedida, pois dela é possível ter vistas incríveis de toda a extensão da cidade.

Em Montevidéu não é diferente.  Localizada no bairro de Aguada, a Torre de las Telecomunicaciones é um prédio até que recente, inaugurado em 2002, e do alto de seus 35 andares (é o mais alto da capital uruguaia) é preciso ter uma vista 365 graus da cidade.

Torre de Las Telecomunicaciones de Montevidéu | Foto via

#6 Jardim Botânico de Montevidéu

Se você é daqueles viajantes que gosta de explorar lugares onde os moradores locais frequentam, o Jardim Botânico deve entrar no seu roteiro.

Por lá, quase não se vê turistas, mas é uma daqueles passeios tranquilos onde você vai poder se conectar com a natureza e admirar a paisagem local.

Se você tiver mais tempo em Montevidéu, faça um piquenique no Jardim botânico e uma caminhada por lá. Garantimos que vai renovar as suas energias! O jardim fica no bairro chamado Prado.

Jardim Botânico de Montevidéu | Foto via

 

#7 Visitar o Estádio Centenário

Para quem gosta de futebol,a visita ao Estádio Centenário é uma excelente programação.

O estádio de Montevidéu foi sede da primeira copa do mundo de futebol, em 1930, e desde lá se tornou um símbolo para a cidade e para o esporte.

Entretanto, mesmo se você não é fã de futebol, vale a pena conhecer o estádio, pois se trata de um lugar histórico em Montevidéu.

Vista Aérea do Estádio Centenário

 

#8 Assistir a um espetáculo no Teatro Solís

Quem gosta de teatro, ou de arquitetura vai amar a visita ao Teatro Solís, o mais importante de Montevidéu.

Esse é o lugar ideal para quem quer ter uma experiência interessante e cultural, e ainda conhecer o prédio de arquitetura imponente.

No site oficial do Teatro Solís você pode conferir a programação completa do local. Assistir a um espetáculo por lá com certeza vale a pena!

Teatro Solis em Montevidéu | Foto via

#9 Se for domingo, vá a Feira de Tristán Narvaja

Sendo um dos programas preferidos dos locais em Montevidéu, a Feira e Tristán Narvaja é uma feira que acontece aos domingos e reúne muita gente que trabalha com artesanato, verduras e frutas e antiguidades.

Não deixe de caminhar por lá se tiver algum domingo em Montevidéu. A feirinha acontece no centro da cidade.

 

#10 Palácio Salvo

Localizado na Praia da Independência, o Palácio Salvo, de 1928, é um dos principais edifícios da cidade e também um dos mais visitados.

Para quem quiser conhecer por dentro é possível fazer uma visita guiada, que está disponível às terças, quintas e sábados, a cada 1 hora das 15 às 18 horas.

Palácio Salvo | Foto via TripAdvisor

Leia também: O que fazer em Punta del Leste.

 

VIAJE COM A GENTE!

Quando você faz alguma reserva de hospedagem, compra uma passagem ou qualquer produto pelo blog, ganhamos uma pequena comisssão (você não pagará nenhum centavo a mais por isso). Isso faz com que possamos manter o site no ar.

Hospedagem: AIRBNB | BOOKING

Passagens Aéreas mais baratas: MAXMILHAS | VOOPTER

Aluguel de carros: RENTCARS

Chip para internet INTERNACIONAL: EASYSIM4U

Nayandra Pereira: Tenho a alma desbravadora e sempre amei estudar a relação homem-natureza. Amo viajar e me conectar com novas pessoas, conhecimentos e culturas. Acredito que cada pessoa, através de si mesmo, pode contribuir para transformar realidades (e as viagens são ótimas desculpas para isso). Ah... tenho 26 anos, sou engenheira ambiental e mestre em recursos hídricos.