5 motivos para ir ao Peru

Para muitos, Peru é sinônimo de Machu Picchu, mas, com certeza, o país é muito mais do que isso. Apesar de este ser o principal destino dos turistas do mundo todo, todo o país é representado por gente simpática, lugares bonitos (seja no litoral, nos Andes ou na selva) e muita história antiga para conhecer (seja dos povos incas, dos pré-incas ou dos conquistadores espanhóis)!

#1 – Gastronomia

Muitos pratos da culinária peruana estão na moda no Brasil (como o ceviche ou o pisco sour), mas há muitos outros, que só indo até lá para conhecer.

Gastronomia Peruana

Os curiosos podem provar carne de cuy, ou seja, de porquinho da índia. O que para nós, brasileiros, é um animal de estimação, para os peruanos, é comida! Ele é servido com arroz, batatas e choclo (milho branco).

A cerveja mais tomada ali é a Cusqueña, que vem da região de Cusco. O teor alcoólico dela é um pouco mais alto do que algumas das cervejas brasileiras, e os amantes de cerveja dizem realmente que é bem saborosa.

Aqueles que gostam de doce devem provar a mazamorra, um creme feito com milho roxo, abacaxi, canela, limão, maçã, marmelo, pêssego e frutas secas.

#2 – Povos pré-colombianos

Antes dos conquistadores espanhóis chegarem ao Peru, ali viviam povos inteligentes que já tinham conhecimento em astronomia, previsão de tempo, irrigação e arquitetura.

Eles deixaram prédios belíssimos e que até hoje surpreendem engenheiros e arquitetos com suas fortes estruturas de pedra. Um grande exemplo é Machu Picchu, cidade inca construída com pedras no meio dos Andes.

Povos Pré Colombianos

Além dos incas, povos antes deles deixaram obras impressionantes. Em muitas cidades do Peru, o simples caminhar pelas ruas podem nos trazer grandes conhecimentos acerca do passado. Por exemplo, em um canto de Lima é possível visitar um sítio arqueológico que nos permite conhecer a Cultura Lima.

Em Trujillo, a estrada que vai à praia corta outro sítio arqueológico, uma cidade feita de barro, construída por volta do ano 700, o Chan Chan.

#3 – As praias

Banhar-se nas águas do Pacífico pode ser novidade para alguns brasileiros, que precisam atravessar o continente para ver esse oceano.

Praias Peruanas
Lima (2011). Foto de Iracema Cerdan Zavaleta Galves.

Ver o pôr-do-sol no mar é algo lindo e desde Barranco ou Miraflores (em Lima) a sensação é especial. Mas a praia ali, pois ao invés de areia, há pedrinhas, o que dificulta um pouco o caminhar daqueles que não estão acostumados.

No norte do país as praias convidam para o desfrutar do banho de sol e de mar. É o caso de, por exemplo, Máncora, que recebe muitos turistas a cada ano; ou Huanchaco, que, frequentemente, oferece campeonatos de surf.

#4 – Altitude

Para nós, brasileiros, há algo no Peru que impressiona na paisagem: os Andes. É curioso estar ao nível do mar e, em uma hora de viagem, poder chegar a altitudes de 2.500 metros.

As cidades altas que valem a pena conhecer são: Cusco (pela bonita arquitetura, história e originalidade), Huaraz (com seus picos nevados que encantam aqueles que gostam de frio e neve) e Ticlio (com 4.829 metros de altitude, tem a estação ferroviária mais alta do mundo).

Altitude no Peru
Huaca del Sol y de la Luna, Trujillo (2012). Foto de Iracema Cerdan Zavaleta Galves.

Em lugares altos assim alguns problemas de saúde podem surgir: um grande cansaço, tonturas e náuseas. Convém ficar atento, fazer repouso e tomar bastante chá de coca para amenizar os sintomas.

#5 – Mistérios

Peru carrega junto a sua cultura alguns mistérios que fazem pessoas de todos os lugares do mundo irem até ali para tentar desvendá-los.

Um deles são as Linhas de Nazca, grandes desenhos feitos no solo há centenas de anos. Não se sabe como surgiram e o motivo de estarem ali. Sabe-se que o clima seco do local contribuiu para a conservação dos desenhos e especula-se que os povos antigos os fizeram para poder se comunicar com os deuses.

Outro mistério envolve a arquitetura de lugares como Machu Picchu e o Valle Sagrado, na região de Cusco. Não se sabe como as pedras chegaram ali (num lugar alto, no meio da mata) e como podem se encaixar perfeitamente umas às outras, sem se desprendem e resistindo, inclusive, a terremotos.

Clique aqui e veja onde se hospedar em Cusco!

Clique aqui e veja onde se hospedar em Lima!

VIAJE COM A GENTE!

Quando você faz alguma reserva de hospedagem, compra uma passagem ou qualquer produto pelo blog, ganhamos uma pequena comisssão (você não pagará nenhum centavo a mais por isso). Isso faz com que possamos manter o site no ar.

Hospedagem: AIRBNB | BOOKING

Passagens Aéreas mais baratas: MAXMILHAS | VOOPTER

Aluguel de carros: RENTCARS

Chip para internet INTERNACIONAL: EASYSIM4U