Guia da Chapada dos Veadeiros: o que fazer, quando ir, onde se hospedar, e mais

A Chapada dos Veadeiros fica no interior de Goiás e é o lugar ideal para quem quer renovar as energias e ter muito contato com a natureza.

A Chapada já é famosa aqui no blog, e já escrevemos bastante sobre ela, mas nesse post vamos reunir o máximo de informações e dicas para que você aproveite o máximo de Veadeiros.

Dica #1 Quando ir

Antes de começar os planos para a sua viagem a Chapada dos Veadeiros, saber a melhor época é essencial.

Como lá as estações secas e chuvosas são mais úmidas é importante saber em que meses é mais tranquilo.

Entre maio e setembro é a estação seca, tendo menos chuvas e mais sol, e é a melhor época para visitar a Chapada. O único detalhe é que se você for já em agosto ou setembro, algumas cachoeiras podem estar com o volume d’água reduzido.

De outubro a abril, é a época mais chuvosa, os passeios podem ser prejudicados pela chuva ou pelas famosas trombas d’água.

Dica #2 Como Chegar

O melhor jeito de chegar a Chapada é de carro (e é bem recomendado ter carro na hora de circular entre os lugares, pois não há transporte público e a maioria requer quilômetros de estrada de terra).

Então, a melhor opção é alugar um carro em Brasília e seguir viagem para Alto Paraíso.

Saindo de Brasília são cerca de 230 km até Alto Paraíso de Goiás, que é a principal cidade base para o Parque Nacional. O caminho é praticamente todo feito pela BR-010 que é bem sinalizada e pavimentada nesse trecho.

Agora se você optar por ir de ônibus até Alto Paraíso, a linha Real Expresso faz o trecho de Brasília até a Alto Paraíso, tendo 2 horários saindo de Brasília (10 horas e 13 horas) e um horário saindo de Alto Paraíso.

Dica #3 Quanto Tempo Ficar

A Chapada dos Veadeiros não é um destino para um fim de semana, e por isso já se programe para passar pelos menos 5 dias por lá, sendo de 7 a 10 dias o ideal para você conhecer as principais atrações.

Mas se você tiver 1 mês e quiser passar suas férias na Chapada, vai ter o que fazer também!

Dica #4 Onde se hospedar

Em relação às cidades-base para conhecer a Chapada dos Veadeiros, há a opção de ficar na cidade de Alto Paraíso de Goiás ou em Cavalcante.

Temos duas recomendações de hospedagem para quem decidir ficar em Alto Paraíso, que é mais perto de Brasília e também próximo ao povoado de São Jorge (onde fica a entrada do Parque Nacional).

Atelier e Pousada Chapada dos Veadeiros

Fechada da Atelier e Pousada Chapada dos Veadeiros (Foto Cam Roda)

O Atelier e Pousada Chapada dos Veadeiros tem uma localização privilegiada pertinho de tudo da rua principal de Alto Paraíso.

Nos arredores é possível encontrar bons restaurantes, bares, farmácias e cafés, e é possível circular a pé tranquilamente por lá.

A Pousada tem vários quartos que são muito práticos e confortáveis, com redes na varanda que te convidam para descansar.

Redário da Pousada e Atelier (Foto Cam Roda)

Há também 2 quartos com acesso a uma cozinha equipada, onde é possível preparar suas refeições e lanches para levar para as trilhas. Ficamos nesse quarto e foi muito prático para nós.

Além disso, o café da manhã na pousada é maravilhoso, com direito a várias frutas, pães, pão de queijo e sucos (dica: não deixe de experimentar a coalhada do Enrico).

Café da Manhã (Foto Cam Roda)

No segundo andar da Pousada fica o atelier com obras do artista Otoniel Fernandes, que conta muito da Chapada dos Veadeiros e do Brasil com sua arte. Não deixe de conferir!

Paraíso dos Pândavas Yoga Resort

O Paraíso dos Pândavas é um yoga resort que fica em uma das áreas mais lindas da Chapada dos Veadeiros bem próximo ao Parque Nacional.

Ele fica entre a cidade de Alto Paraíso e o Povoado de São Jorge, e de lá fica fácil conhecer ótimas atrações como o Vale da Lua e a Cachoeira Almécegas por exemplo.

O Resort possui uma piscina natural, um mirante incrível com vista para o Morro da Baleia, além de cachoeiras próximas.

Lá existem opções de quartos para casal, triplos, chalés e também um quarto feminino com 5 camas.

Chalé Shanti (Foto Cam Roda)
Vista do quarto no Paraíso dos Pândavas (Foto Cam Roda)

Um diferencial do Paraíso dos Pândavas é que há programações especiais para os hóspedes, como sessões de meditação e também retiros de yoga com temas específicos.

Aula de Yoga (Foto Cam Roda)

E eles servem todas as refeições vegetarianas, em respeito a religião Hare Krishna que faz parte da filosofia do resort. 

Confira nosso artigo completo sobre o Paraíso dos Pândavas Yoga Resort.

Dica #5 O que fazer na Chapada dos Veadeiros

A Chapada dos Veadeiros é daqueles destinos em que é impossível ficar entediado. Existem mais de 30 cachoeiras na Chapada dos Veadeiros, fora as outras atrações. Então tem atrações para mais de 1 mês!

Listamos aqui 3 atrações essenciais para que você conheça a parte essencial da Chapada.

Fazenda São Bento: Almécegas I e II

A Fazenda São Bento fica na direção de São Jorge para quem sai de Alto Paraíso de Goiás, via GO-239, no 8 km à esquerda.

Na Fazenda São Bento ficam 2 das melhores cachoeiras da Chapada: a Almécegas I e II. A trilha é cansativa, mas vale a pena encarar pois o visual é lindo!

Não é necessário guia.

Almécegas I (Foto Cam Roda)

Vale da Lua

O Vale da Lua é famoso nas redes sociais por ser um lugar único e diferente de tudo! Para chegar lá é simples, também pela GO-239 em direção ao Povoado de São Jorge, 35 km a esquerda.

As formações rochosas exóticas de centenas de milhões de anos chamam atenção de qualquer um e é com certeza um lugar imperdível na Chapada.

Vale da Lua (Foto Cam Roda)

Não é necessário guia.

Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros: Trilha dos Saltos e Corredeiras

A entrada para o Parque Nacional da Chapada dos Veadeiros fica no povoado de São Jorge e dentro do parque há várias opções de trilhas para fazer.

A gente recomenda fazer a trilha dos Saltos e Corredeiras, onde você conhecerá a cachoeira dos Saltos 120 metros, a cachoeira dos Saltos 80 metros e as corredeiras.

Cachoeira dos Saltos 120m (Foto Cam Roda)
Cachoeira dos Saltos 80m (Foto Cam Roda)

A trilha tem cerca de 13 km de extensão e é um passeio para o dia todo. Vale muito a pena, mas é preciso preparo físico.

Não é necessário guia.

Confira nosso artigo completo com algumas das melhores atrações da Chapada dos Veadeiros.

Dica #6 Onde Comer

A rua principal de Alto Paraíso é repleto de bons restaurantes e bares, mas um lugar imperdível é o Café com Graça.

Café com Graça

O Café com Graça é um cantinho super especial que serve excelentes cafés e comidas muito bem feitas.

Os preços são ótimos e o cardápio é muito variado. A nossa sugestão é provar o cuscuz com pequi e frango e a tapioca com tofu e rúcula.

Não deixe de experimentar o brownie também que é uma delícia. Não é à toa que é famoso na Chapada inteira!

Café com Graça (Foto Cam Roda)

Dica Extra:

Em Alto Paraíso de Goiás, apesar de receber muitos visitantes, não há Banco Bradesco ou Banco 24 horas, então leve um pouco de dinheiro em espécie para emergências se esse for o seu banco. Em Alto Paraíso há um Banco Itaú, um Banco do Brasil e uma Loteria.

Quanto aos estabelecimentos e passeios, não precisa se preocupar, pois praticamente todos aceitam cartão.

VIAJE COM A GENTE!

Quando você faz alguma reserva de hospedagem, compra uma passagem ou qualquer produto pelo blog, ganhamos uma pequena comisssão (você não pagará nenhum centavo a mais por isso). Isso faz com que possamos manter o site no ar.

Hospedagem: AIRBNB | BOOKING

Passagens Aéreas mais baratas: MAXMILHAS | VOOPTER

Aluguel de carros: RENTCARS

Chip para internet INTERNACIONAL: EASYSIM4U

Nayandra Pereira: Tenho a alma desbravadora e sempre amei estudar a relação homem-natureza. Amo viajar e me conectar com novas pessoas, conhecimentos e culturas. Acredito que cada pessoa, através de si mesmo, pode contribuir para transformar realidades (e as viagens são ótimas desculpas para isso). Ah... tenho 25 anos, sou engenheira ambiental e mestre em recursos hídricos.