Londrina (PR): 5 Passeios Imperdíveis para Fazer na Cidade

Londrina é uma cidade cheia de encantos. Mesmo sendo a segunda maior cidade do estado do Paraná, ela tem jeito de cidade pequena e aconchegante.

O nome Londrina foi um nome dado pelos ingleses em homenagem a Londres na Inglaterra.

Esse é um destino ideal para uma viagem em família ou mesmo para descansar um pouco, mas sem abrir mão de uma boa infraestrutura.

A cidade é conhecida por suas áreas verdes, boas universidades e trânsito organizado.

Para que você aproveite o melhor da cidade, preparamos uma lista com 5 passeios para fazer em Londrina.

Como Chegar

Londrina fica na direção  norte do estado do Paraná. Para quem está partindo de Curitiba, a cidade fica a 379 km.

De carro, deve-se seguir pela PR 376 e depois pela PR 369 até Londrina.

Já se você está saindo do Rio de Janeiro ou de São Paulo, é possível chegar até Londrina sem passar necessariamente por Curitiba.

Pegue a SP-280 até o seu término, e depois a esquerda na SP-327 chegando em Ourinhos. Dali pegue a PR-369 e continue nela até encontrar Londrina.

O que fazer em Londrina

#1 Conhecer o Jardim Botânico

Esse é um dos lugares mais bonitos de Londrina e também um dos centros de pesquisa e conservação mais importantes do estado.

Foto via

O local conta com uma estrutura para receber visitantes, e é um ótimo lugar para passar uma manhã ou tarde, fazer um piquenique e caminhar um pouco.

Além disso no Jardim há uma trilha de 1km pela mata nativa, ideal para quem quer conhecer um pouco mais das plantas e árvores da região.

O Jardim Botânico funciona de quarta à domingo das 9h às 19h e a entrada é gratuita.

#2 Caminhar na beira do Lago Igapó

Foto via

O Lago Igapó é uma área com um conjunto de lagos, e é o principal cartão-postal de Londrina, inaugurado em 1959.

A área foi revitalizada e hoje é uma das preferidas dos moradores da cidade que vão lá para fazer caminhadas e corridas.

O local conta com ciclovia, pista de cooper, teatro, jardins, cascatas e ótimas áreas para fazer um piquenique.

Também é no Lago Igapó que acontecem muitos eventos culturais e também de esportes.

#3 Conhecer o Salto de Apucaraninha

Para os fãs de natureza e ecoturismo esse é um passeio que não pode faltar.

O Salto do Apucaraninha é uma cachoeira espetacular com 116 metros de altura que fica na região sul de Londrina.

Foto via

Ela fica localizada a cerca de 80km do centro da cidade, já próximo a divisa com a cidade de Tamarana dentro da reserva indígena Apucaraninha.

Para conhecer a cachoeira é necessário solicitar à FUNAI – Fundação Nacional do Índio autorização para visitação.

#4 Visitar Museu Histórico de Londrina

O Museu Padre Carlos Weiss, construído na Estação Ferroviária de Londrina, tem a bela missão de preservar o patrimônio cultural e histórico de Londrina.

Foto via

No museu há 3 principais setores.Um deles é o de Imagem e Som, que possui aproximadamente 50 mil peças, produzidas a partir do final da década de 1920.

O segundo setor é dedicado a objetos e materiais do cotidiano londrinense desde os colonizadores até a atualidade.

Já o terceiro setor é o uma verdadeira biblioteca e seu acervo conta com textos, mapas, plantas e depoimentos dos pioneiros da cidade de Londrina.

#5 Fazer a Rota do Café

Se você é fã de café, esse é um passeio que você não pode deixar de fazer em Londrina.

A Rota do Café é um projeto que foi pensado pelo Sebrae com o objetivo de resgatar a vocação do norte paranaense.

Abrangendo 16 municípios, a Rota do Café conta com 34 atrativos num raio de 200 km de Londrina –  antiga capital mundial do café.

A Rota do Café faz com que haja contato com toda a experiência do café, lazer e conhecimento cultural e ambiental sobre o grão.

Nela o visitante pode conhecer fazendas históricas desativadas com tulhas e terreiros de secagem do café, passar por cafeterias gourmets, museus, dormir em propriedades rurais e, dependendo da época do ano, é possível até participar da colheita e dos processos de secagem e torra do grão.

Londrina é considerada como a base da rota do café, e há muitas atrações importantes lá, mas se tiver com um pouco mais de tempo tente conhecer mais atrações da rota por que vale a pena!

Foto via

VIAJE COM A GENTE!

Quando você faz alguma reserva de hospedagem, compra uma passagem ou qualquer produto pelo blog, ganhamos uma pequena comisssão (você não pagará nenhum centavo a mais por isso). Isso faz com que possamos manter o site no ar.

Hospedagem: AIRBNB | BOOKING

Passagens Aéreas mais baratas: MAXMILHAS | VOOPTER

Aluguel de carros: RENTCARS

Chip para internet INTERNACIONAL: EASYSIM4U

Nayandra Pereira: Tenho a alma desbravadora e sempre amei estudar a relação homem-natureza. Amo viajar e me conectar com novas pessoas, conhecimentos e culturas. Acredito que cada pessoa, através de si mesmo, pode contribuir para transformar realidades (e as viagens são ótimas desculpas para isso). Ah... tenho 26 anos, sou engenheira ambiental e mestre em recursos hídricos.