O que fazer em Belém do Pará + Bônus

Belém do Pará, uma capital cheia de cultura, arte e tacacá! A cidade ficou conhecida pela festa do Círio de Nazaré, que é uma das maiores festas religiosas do mundo.

A cidade Belém ainda fica fora de muitos roteiros de viajantes brasileiros, mas a capital paraense tem seus charmes e principalmente, de lá, você tem acesso a lugares encantadores no Pará. De Belém, vocês conseguem facilmente chegar na Ilha do Marajó, Ilha do Mosqueiro, Ilha do Combú e Algodoal que são incríveis e vale muito a pena a viagem.

Por isso decidimos fazer esse post com dicas de o que fazer em Belém e também um bônus com informações de outro lugar super especial que dá para conhecer em um quase “bate-volta” de Belém.

O que fazer em Belém?

#1 Mercado Ver-o-Peso

Já começamos nossa lista com aquela atração que você não pode perder em Belém: o Mercado Ver-o-Peso!

O Mercado Ver-o-Peso é aquele lugar que tem absolutamente tudo e é um dos maiores símbolos da capital paraense, existindo desde de 1688, e hoje é o maior mercado a céu aberto de toda a América Latina.

Desde artesanato até frutas, verduras, ervas, peixes e perfumes, o lugar oferece uma verdadeira imersão na cultura paraense em cada detalhe.

Não deixe também de saborear uma refeição no Ver-o-Peso e provar o gostinho sem igual da culinária paraense. Vale a pena também conferira “Feira do Açaí” que é a descarga de imensa quantidade do fruto que chega a Belém todos os dias para ser comercializado na capital.

Mercado Ver-o-Peso | Foto via

#2 Catedral Metropolitana de Belém 

Também conhecida como Catedral da Sé, a Catedral Metropolitana de Belém é super importante na celebração do Círio de Nazaré (maior processão do ocidente).

A arquitetura da igreja é do estilo barroco e a construção foi finalizada em 1771 e faz parte do complexo histórico e religioso da cidade velha denominado Feliz Lusitânia.

Catedral Metropolitana de Belém | Foto via

#3 Estação das Docas

A Estação das Docas é o antigo porto da capital, que foi restaurado e atualmente é um ponto turístico e complexo gastronômico da cidade.

Além disso, comer uma refeição na Estação das Docas é imperdível, pois as opções são super gostosas e o preço é justo. Ah! e na hora do pôr-do-sol é que o show acontece!

 

#4 Theatro da Paz

Se você gosta de arte, o Theatro da Paz em Belém é um ponto que não pode faltar no seu roteiro pela cidade.

Ele oferece concertos, shows e peças teatrais, além de ser possível fazer uma visita guiada pelo teatro e conhecer sua arquitetura e decoração lindíssimas.

Informações sobre agenda e visitação, acesse o site do Theatro da Paz.

Theatro da Paz | Foto via

#5 Forte do Presépio

O Forte do Presépio possui vista para o Mercado Ver-o-Peso e para a Baía de Guajará e também é conhecido como Forte do Castelo de Belém, sendo uma das atrações mais visitadas da cidade.

A construção foi a primeira de Belém e por séculos foi utilizada para fins militares, sendo revitalizado e transformado em museu em 2002.

O Forte é parte do complexo chamado de Feliz Lusitânia em conjunto com diversas outras atrações na cidade antiga.

Para visitar gratuitamente, vá as terças-feiras. Nos outros dias, o ingresso é R$ 4 por pessoa.

Forte do Presépio | Foto via

#6 Museu Casa das Onze Janelas

Para quem gosta de arte contemporânea, a Casa das Onze Janelas é um lugar super interessante para visitar. O Museu fica bem em frente ao Forte do Presépio e o ideal é emendar a visita.

O casarão foi reformada e inaugurada em 2002, sendo transformada em um complexo cultural que reúne uma ótima coleção de arte.

Além disso, o local possui um café, um bar e um jardim que é um excelente lugar para passar o dia e aproveitar o lugar.

 

Bônus: Que tal conhecer a Ilha de Marajó?

Marajó é aquele lugar bucólico onde você tem a sensação que o tempo passa mais devagar.

A Ilha do Marajó fica no estado do Pará, na área de foz do rio Amazonas. É a maior ilha do Brasil e também a maior ilha fluviomarítima do mundo, com mais de 40 mil quilômetros quadrados.

A ilha também o maior rebanho de búfalos do Brasil, e por lá você vai encontrar muitos desses animais andando livremente pelas propriedades e às vezes até nas ruas. O lugar tem ficado cada vez mais famosa por suas belezas, cultura e clima típico de vilas de pescadores.

 

Como Chegar à Ilha de Marajó?

Para chegar a Ilha de Marajó o seu ponto de partida é a capital paraense, Belém, e de lá você tem algumas opções para como chegar lá.

Saindo de Belém é possível pegar uma lancha rápida, um balsa ou navio para a Ilha de Salvaterra, que é uma das principais bases para conhecer a Ilha de Marajó.

São dois os pontos de partida em Belém: o Terminal Hidroviário Luiz Rebelo Neto e no Porto de Icoaraci.

Partindo dos dois pontos há pelo menos 2 horários, sendo um pela manhã e outro a tarde. Isso tanto para ir quanto para retornar.

É bem tranquilo comprar os tickets lá no porto mesmo, mas chegue com pelo menos 1 hora de antecedência. Os preços variam de 20 a 50 reais dependendo do tipo de embarcação que você escolher.

A viagem dura de 1 hora e meia a 3 horas, dependendo da embarcação.

Para mais informações, leia o nosso guia da Ilha de Marajó.

Saltaterra, Ilha de Marajó | Foto por Nay Pereira

 

VIAJE COM A GENTE!

Quando você faz alguma reserva de hospedagem, compra uma passagem ou qualquer produto pelo blog, ganhamos uma pequena comisssão (você não pagará nenhum centavo a mais por isso). Isso faz com que possamos manter o site no ar.

Hospedagem: AIRBNB | BOOKING

Passagens Aéreas mais baratas: MAXMILHAS | VOOPTER

Aluguel de carros: RENTCARS

Chip para internet INTERNACIONAL: EASYSIM4U

Nayandra Pereira: Tenho a alma desbravadora e sempre amei estudar a relação homem-natureza. Amo viajar e me conectar com novas pessoas, conhecimentos e culturas. Acredito que cada pessoa, através de si mesmo, pode contribuir para transformar realidades (e as viagens são ótimas desculpas para isso). Ah... tenho 26 anos, sou engenheira ambiental e mestre em recursos hídricos.