O que fazer em Cusco, além de Machu Picchu

Machu Picchu, em Cusco, é o destino peruano mais visitado e é Patrimônio da Humanidade tombado pela Unesco desde 1983.

Não tem como negar que todos que viajam a Cusco à turismo, vão com o objetivo de conhecer Machu Picchu, porém chegando lá, todos se deparam com um lado ainda pouco divulgado do Peru.

Cusco é uma cidade multicultural, histórica, com culinária rica e noites agitadas, que pede que esse não seja só um lugar de passagem, mas que se gaste um tempo a explorando.

A cidade está sempre tomada de turistas do mundo inteiro, e Cusco têm se tornado o ponto de encontro de viajantes que estendem a viagem para aproveitar um pouco mais da boa estrutura e excelente localização.

Como chegar em Cusco

A melhor maneira para chegar a Cusco é através das companhias aéreas. Não há voos diretos entre o Brasil e a cidade, sendo necessário fazer uma conexão em Lima para chegar ao destino final.

A boa notícia é que Cusco está apenas a uma hora de avião da capital peruana e há diversos voos para a cidade.

O que fazer em Cusco

Caminhe pelo centro histórico

O próprio centro histórico de Cusco pode te render ótimas descobertas.

Por lá você encontrará ruazinhas estreitas de pedras, pequenos comércios com artesanato peruano e restaurantes com a gastronomia típica da região.

Mas a grande atração do centro histórico é a Plaza de Armas, que é o ponto principal de Cusco, e de onde saem vários passeios também.

Plaza de Armas (foto via)

Além da praça ser um charme, decorada e com muitas flores coloridas, ao redor dela estão várias lojinhas e atrações para conhecer.

Conheça mais da cultura Inca em Qoricancha

O Qoricancha (Templo do Sol) antigamente servia como local para cerimônias e estudos de astronomia e matemática, e hoje é considerado um templo importantíssimo da história inca no Peru.

Foto via

Hoje o local recebe inúmeros visitantes que o conhecem em busca de imergir na cultura inca e conhecer um pouco mais da história da América do Sul através da arte, arquitetura e história.

Passeie pelo Parque Arqueológico de Saqsaywaman

O Parque de Saqsaywaman tem mais de 10 mil anos e sua aparência lembra uma fortaleza, apesar de não ter tido nenhuma função militar.

Foto via

Porém, o que hoje é um sítio arqueológico, no passado foi um centro cerimonial, uma área sagrada e de estudos.

Ele é localizado a 3650 metros acima do nível do mar e sua estrutura é feita de pedras enormes encaixadas.

Conheça as Ruínas de Pisac

Pisac é um local que oferece 2 atrações imperdíveis: as ruínas e um mercado de artesanato local.

As ruínas são atribuídas a era pré-incas e incas e estão em uma região a 3400 metros de altitude.

Foto via

O interessante é que sua estrutura foi construída de forma especial para evitar possíveis danos ao local que servia de centro administrativo.

Além disso, nos terraços e locais próximos, há perfurações nas montanhas nos quais eram depositados os mortos e corpos mumificados.

Igreja de San Blas

Essa fotogênica igrejinha foi construída em 1563 e é uma das mais antigas de Cusco.

Foto via

É preciso um pouco de fôlego para chegar até lá, mas a o visual charmoso da arquitetura barroca em seu interior vale muito a pena a visita.

Além disso, a igrejinha fica numa área com muitos artesãos, ideal para comprar souvenires e obras de arte.

Interior da Igreja de San Blas (foto via)

VIAJE COM A GENTE!

Quando você faz alguma reserva de hospedagem, compra uma passagem ou qualquer produto pelo blog, ganhamos uma pequena comisssão (você não pagará nenhum centavo a mais por isso). Isso faz com que possamos manter o site no ar.

Hospedagem: AIRBNB | BOOKING

Passagens Aéreas mais baratas: MAXMILHAS | VOOPTER

Aluguel de carros: RENTCARS

Chip para internet INTERNACIONAL: EASYSIM4U

Deixe aqui o seu comentário

Comentários