Pirenópolis (GO): Roteiro para curtir o melhor da cidade em 1 dia!

Pirenópolis é um tesouro goiano ainda pouco difundido como destino turístico, mas que guarda belezas e muita história.

Com suas ruas de pedra e casarões coloniais do século XVIII, Pirenópolis oferece uma verdadeira viagem no tempo, regado ao clima do interior de Goiás.

Se você busca tranquilidade, banhos em cachoeiras e culinária maravilhosa, Pirenópolis precisa entrar no seu roteiro por Goiás.

Esse é o destino perfeito para quem quer tranquilidade e contato com a natureza sem abrir mão do conforto, já que Pirenópolis oferece uma boa infraestrutura para receber os visitantes.

Como a maioria das pessoas vai para passar apenas um dia, fizemos aqui um roteiro para você aproveitar o melhor da cidade nessas horinhas.

Confira 3 passeios imperdíveis para que você aproveitar o dia em Pirenópolis.

Como Chegar

Pirenópolis fica localizada a apenas 150 km de Brasília e a 130 km de Goiânia, por isso muita gente vai a cidade em um passeio bate e volta de um dia ou fim de semana.

Para quem sai de Brasília as três opções mais comuns são:

  • BR-070, com passagem por Águas Lindas de Goiás, Cocalzinho e Corumbá (150 km em 2h10);
  • via BR-060, com passagem por Abadiânia (177 km em 2h30);
  • via BR-060, com passagem por Alexânia, Olhos D’água e Corumbá (156 km em 2h20).

A maioria dos viajantes prefere pegar a BR-060 passando por Abadiânia, apesar de ser a rota mais longa, devido a estrada ser duplicada, ter menos caminhões e estar em melhores condições dentre as opções.

Para quem sai de Goiânia rumo a Pirenópolis, as rotas mais comuns são:

  • via BR-060 (BR-153), com passagem por Anápolis e GO-431(128 km em 1h50);
  • via GO-080 e GO-222, com passagem por Anápolis e depois GO-338 (129 km em 2h05);

Também é possível chegar de ônibus saindo de Goiânia. O trecho é operado pela Viação Goianésia, e há apenas um ônibus disponível às 17h e o trecho dura cerca de 2 horas.

O que fazer em 1 dia na cidade de Pirenópolis

Manhã

#1 Conhecer a Cachoeira do Rosário

Dentre as inúmeras cachoeiras de Pirenópolis, essa é uma das mais especiais.

Foto via

Ela lembra muito um oásis em meio a natureza, com águas super cristalinas e uma queda d’água muito charmosa em meio às rochas e com uma gruta atrás da cachoeira.

Ela tem a mais alta queda d’água da região de Pirenópolis e é um lugar perfeito para relaxar em meio a natureza.

Para chegar lá é necessário fazer uma rápida trilha de 350 metros com uma longa escada de pedras em direção a cachoeira.

Saindo do centro de Pirenópolis pegue a GO-338 e o trajeto até tem 36 km, com uma parte em estrada de terra.

Para entrar no local é necessário pagar uma taxa de R$ 45/pessoa para visitar e desfrutar da cachoeira, mas também há a opção com buffet livre por R$ 90/pessoa (crianças menores de 5 anos não pagam, crianças de 6 a 12 anos e idosos acima de 60 anos pagam meia entrada).

Leia aqui nosso artigo sobre algumas das melhores cachoeiras de Pirenópolis.

Tarde

#2 Passeie pelo Centro Histórico de Pirenópolis

Depois de se refrescar na Cachoeira do Rosário, aproveite para conhecer um pouco mais da charmosa cidade..

As ruas de pedras, o clima interiorano e os casarios coloniais são a marca registrada da cidade e vão te conquistar com certeza.

Não deixe de tirar umas horinhas para caminhar tranquilamente pelo centro histórico, conhecer a Igreja Matriz de Nossa Senhora do Rosário de onde é possível ter uma boa vista da cidade.

Foto via

Confira também o Cine Pireneus, o prédio do antigo Teatro de Pirenópolis e o Museu do Divino.

Se você é fã de turismo religioso também faça uma visita à Igreja de Nosso Senhor do Bonfim e à Igreja e Museu de Arte Sacra Nossa Senhora do Carmo.

Noite

#3 Curta a Vida Noturna de Pirinópolis

A maioria das pessoas que visitam Pirenópolis vão aos fins de semana, por isso as noites de sexta e sábado são bem animadas. Já durante a semana, o clima é mais pacato.

Foto via

Por lá você encontrará restaurantes, bares e ruas animadas com gente para todo lado.

Há vários ambientes que contam com música ao vivo, com mesinhas na calçada e boas cervejas.

O maior ponto de concentração nas noites de fim de semana é a Rua do Lazer e os arredores da Praça do Coreto.

VIAJE COM A GENTE!

Quando você faz alguma reserva de hospedagem, compra uma passagem ou qualquer produto pelo blog, ganhamos uma pequena comisssão (você não pagará nenhum centavo a mais por isso). Isso faz com que possamos manter o site no ar.

Hospedagem: AIRBNB | BOOKING

Passagens Aéreas mais baratas: MAXMILHAS | VOOPTER

Aluguel de carros: RENTCARS

Chip para internet INTERNACIONAL: EASYSIM4U

Nayandra Pereira: Tenho a alma desbravadora e sempre amei estudar a relação homem-natureza. Amo viajar e me conectar com novas pessoas, conhecimentos e culturas. Acredito que cada pessoa, através de si mesmo, pode contribuir para transformar realidades (e as viagens são ótimas desculpas para isso). Ah... tenho 25 anos, sou engenheira ambiental e mestre em recursos hídricos.